PASSEIOS

Esqui nas Montanhas Monashee na Colúmbia Britânica

  • 96 fotos no total
  • 4 dias
  • 17 atividades no total

Como animar quatro amigos que esquiaram em todos os continentes? Mostre-nos uma nova montanha! A neve leve, fresca e seca e o ambiente com poucos esquiadores das Montanhas Monashee são tudo o que um grupo de esquiadores obstinados como nós precisa. Esse não é um resort de esqui comum. Aliás, recomenda-se que os esquiadores inexperientes e snowboarders que ficam no Mustang Powder Lodge fiquem longe de muitos trajetos avançados. Para esquiadores experientes, com conhecimentos de esqui cross-country, é o paraíso na terra.  

Día 1
Rodas no ônibus
Cory ouviu falar sobre cat esqui no Mustang Powder Lodge através de um amigo, e nós quatro começamos a planejar nossa viagem no momento em que ele mencionou o lugar. Quando a hora chegou, voamos para Vancouver, embalamos nossos esquis no carro alugado e seguimos pela Rodovia Trans-Canadá para as majestosas Montanhas Monashee, próximas a Revelstoke, na Colúmbia Britânica. A neve chegava à altura da cintura dos dois lados da estrada quando chegamos! Um guia estava nos esperando para ser nosso motorista com um ônibus escolar amarelo e nos levou mais adiante na estrada da montanha. Então, passamos para uma máquina de cat que parecia uma combinação de brinquedo de criança e um pequeno tanque. Conforme nos aproximamos do hotel, começamos a imaginar as descidas épicas de esqui que enfrentaríamos na manhã seguinte.
Día 2
Íngreme e profundo
A prioridade de hoje era a neve fresca e seca. Subimos no cat e subimos confortavelmente até as pistas. Depois da vida inteira subindo de teleférico, ser levado até o topo da pista foi um luxo com o qual todos poderíamos nos acostumar. O restante do dia foi gasto descendo ondas de neve fresca até a cintura até o fim da pista, e ali o cat estaria esperando para nos levar de volta ao topo. Nenhum de nós já havia esquiado em neve assim tão leve e profunda. Depois de uma tarde épica nas pistas, voltamos para o hotel para uma refeição saudável e uma noite inteira de história para contar ao redor do fogo.
Día 3
Fazendo marcas
A neve amassada sob as rodas dos tratores sinalizou o início de outro dia repleto de adrenalina nas encostas. O cat nos levou sem o menor esforço ao topo da pista, deixando-nos livres para fazer as primeiras marcas na neve fresca intocada que havia caído naquele lado da montanha na noite anterior. Continuamos o ciclo de subidas fáceis e descidas gritando o dia inteiro, até que nossas pernas não aguentassem outra descida. Voltando triunfantes para o hotel, mudamos nosso foco das corridas na pista de esqui para a corrida para um banho quente.
Día 4
Acima das árvores
Passamos a manhã de brincadeiras no hotel até que a Trish teve uma ideia inspiradora: “Porque não pedimos ao nosso guia para nos levar o mais alto possível na montanha?” Dentro de uma hora, estávamos acima da linha das árvores olhando para uma expansão infinita de céu do mais puro azul. Descemos as encostas cristalinas como se estivéssemos descendo do topo do mundo, só para sermos levados de volta para cima para mais uma descida. Se é que existem condições mais perfeitas para um dia de cat esqui, não conseguíamos imaginar. De volta ao hotel, recarregamos as baterias com uma refeição gourmet antes de fazer um pedido especial para esquiarmos à noite. À medida que deslizávamos pela montanha iluminada pela lua, sabíamos que embora aquela fosse a última noite da nossa viagem, essa não seria a última vez que esquiaríamos nas Montanhas Monashee.